fbpx

Você sabe quais serão as novas competências demandadas pelo mercado de trabalho?

Os conhecimentos, habilidades e atitudes demandadas pelo mercado de trabalho, neste momento de aceleração das transformações que já estavam ocorrendo, estão voltadas principalmente para as softskills.

As chamadas Softskills são as habilidades pessoais e comportamentais do profissional, relacionadas a forma de se relacionar e interagir com as pessoas.

Conheça algumas dessas principais competências exigidas pelas empresas na atualidade:

  • Adaptabilidade: capacidade de se adaptar rapidamente as mudanças e a diferentes cenários.
  • Aprendizado: capacidade de aprender rápido e de forma contínua. Estar aberto ao novo.
  • Liderança para mudança: capacidade de influenciar de forma positiva.
  • Lidar com a pressão: capacidade de apresentar resultados consistentes e de qualidade sem se deixar influenciar por causas externas. Desenvolver inteligência emocional ajudará a obter melhores resultados.
  • Resolução de problemas: capacidade de resolver problemas complexos, uma vez que as atividades mais simples e repetitivas serão realizadas por inteligência artificial.
  • Autogerenciamento: capacidade de tomar decisões sem supervisão. Cada vez mais as equipes de trabalho serão formadas e gerenciadas pela pessoa que possui mais conhecimento e capacidade de execução da atividade e não necessariamente pelo superior hierárquico.

Mas não podemos deixar de mencionar as hardskills, as habilidades técnicas, que também precisarão ser identificadas e desenvolvidas. Num cenário cada vez mais digital e inovador, essas habilidades podem fazer total diferença para o profissional que deseja se destacar. Algumas delas:

  • Análise de dados: capacidade de interpretar dados, analisando por diversos ângulos uma mesma situação e fazendo várias interpretações.
  • Gestão de projetos: capacidade de gerir projetos fazendo uso de metodologias ágeis como Scrume o Kanban.
  • Inteligência artificial: conhecimento de tecnologias como blockchain, big data, computação na nuvem, dentre outras.

Para identificar tanto as softskills como as hardskills dos profissionais, é preciso falar sobre a importância de um processo de seleção organizado, rápido e adaptável as necessidades de qualidade e agilidade das empresas.

Historicamente nas empresas, os profissionais que atuam na área de R&S são mais juniores e atuam nesta área no início de suas carreiras. No entanto, sempre entendi esta atividade como sendo uma das mais importantes da área de gestão de pessoas. É no processo de seleção que são identificados os conhecimentos necessários exigido para exercer a função e as habilidades comportamentais para que o profissional seja considerado bem sucedido na posição. Avaliar o potencial de aprendizagem e de crescimento deste profissional, além, de identificar perfis que estejam alinhados a cultura e valores da empresa, também, fazem parte deste momento.

A realização do processo seletivo exige profissionais com senioridade, que conheçam muito bem o mercado e os desafios da posição.

Uma análise cuidadosa do perfil pessoal, técnico e profissional é necessária pois a pessoa certa no lugar certo diminui o turnover, proporciona mais assertividade nos treinamentos, cria uma identificação maior entre os profissionais e a marca, gera maior engajamento e consequentemente resultados muito mais efetivos e sustentáveis.

Agora que já conhece as principais competências demandadas pelo mercado e a importância do processo seletivo para identificar o grau de aderência do perfil do profissional as exigências das empresas, nos conte como você desenvolve suas habilidades?

Escrito por Daniela Boiteux

Write a comment

× Como posso te ajudar?